Ali Babá e os quarenta ladrões por Adriana Janaína Poeta


    ALI BABÁ E OS QUARENTA LADRÕES
    Alguém sabe ou pode explicar como uma Quadrilha ocupa e aluga a terceiros, sem autorização ou procuração do legítimo dono, que apesar de ter sobre os ombros todos os ônus, nunca teve posse/ imissão, sequer a chave, inclusive é impedido pelo administrador do condomínio (e quem assinou contrato sem procuração em Cartório no centro do RJ, MAURÍCIO BERNARDO DE OLIVEIRA) e síndico do Condomínio (RONALDO MESQUITA DE OLIVEIRA) de entrar no imóvel, recebem valores astronômicos de verba pública, conseguem a proeza de protelar indefinidamente soluções e decisões - embora os processos que sejam do seu interesse fluam vertiginosamente?
    A pessoa é investigada pelo MP/RJ por fraudes e desvios no programa Jovem Aprendiz/ Petrobras, responde a processo por não ressarcir alunos e causar prejuízos, tem mais de 40 sócios, são mais de 20 empresas ocupando um andar ilegalmente, ativas e anunciando, operando normalmente, na maior desfaçatez e com lucros. A Quadrilha, pois esse é o nome, deixa um rastro de danos e prejuízos no nariz de todos, - pois denunciamos tudo documentado, - e dançam balé, como se nada estivesse acontecendo.
    Depois lançamos tudo na Imprensa e vão ficar preocupados com a imagem. Imagem é para quem não permite, compactua com silêncio e admite corrupção, abusos e maus tratos a criança indefesa, injustiças, covardias, roubos, fraudes, desvios, formação de quadrilha, danos irreparáveis e outros crimes.
    Passou da hora de investigarem - e demos tudo bem documentado e mastigado - o que de fato acontece no Paraíso do Andar ocupado ilegalmente e com vertiginosos lucros - inclusive captando verbas públicas, basta pesquisar rápido na internet - na AV. GRAÇA ARANHA, 326/11. ANDAR, CASTELO, CENTRO, RJ. Lá tudo é permitido e todos são amorosamente protegidos e blindados - não sabemos até quando. Quem teria tanto interesse em agasalhar tantos crimes e criminosos? Roubar, subtrair, fraudar, ocultar, sumir com petições, atrasar e procrastinar, causar danos irreparáveis, causar prejuízos a terceiros, formar quadrilha, Falsidade ideológica, corrupção ativa, fraude processual, estelionato, etc, deixaram de ser crimes?
    Se não fossemos tão firmes e cuidadosos com provas, - todas já encaminhadas e de conhecimento geral, - poderia até ser que seríamos mais uma, ou duas, vítimas silenciosas da Corrupção e da Impunidade.
Não é o caso.
11/08/2016
Adriana Janaína Poeta
Carta Aberta
Apoio total e absoluto a Marcelo BernardoEu & meu Pai





















































Comentários

Postagens mais visitadas